Afinal, o que é luxo?

Definir luxo não é uma tarefa simples, mas certamente vai muito além dos prazeres materiais que apenas demonstram riqueza. O luxo não necessariamente é caracterizado pelo excesso.

Coco Chanel sempre defendeu que o luxo não é o oposto da pobreza, mas sim da vulgaridade. Essa grande estrela do mundo da moda também reconhecia que a demanda por experiências únicas e a alta qualidade são constantes, ao afirmar que o luxo é uma necessidade que começa quando a necessidade termina.

O luxo pode ser algo simples, como uma decoração com pilha de livros ou com velas que dão charme à qualquer ambiente.

20151124_192307

Ele também pode ter a ver com privilégio de, por exemplo, ter um móvel é assinado por designers reconhecidos internacionalmente.

image002

Também pode ser entendido por meio de aspectos conceituais ou culturais sempre ligados à exclusividade, ao sentimento de se sentir especial e único. Luxo é ser fiel à sua personalidade e aos seus princípios, por isso a Dommanni Alta Decoração oferece móveis e adornos que combinam com qualquer estilo.

Faça-nos uma visita e encante-se!